Quem sou eu

Minha foto
Vitória de Santo Antão, Pernambuco, Brazil
Sou metalúrgico aposentado,chaveiro autônomo, gosto de ler e escrever poesias. Visualizar meu perfil completo

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

PORTA DE ESPERA

Resultado de imagem para IMAGEM DA ESPERANÇA
PORTA DE ESPERA
(Egídio Timóteo Correia)

NO VÃO DESSA PORTA

ESPERANÇAS MORTAS
PORQUE NÃO PASSAS
EU NÃO TE RECEBO
E NÃO MAIS TE VEJO.
 AUMENTA MEUS MEDOS
ESCONDO MEUS SEGREDOS 
MEUS DESEJOS, MEUS MEDOS.
PARA QUE NEM TU NEM OUTROS
POSSAM VÊ, POSSAM SABER...

A ESPERA AUMENTA

MEU PEITO DESALENTA.
SOU ADULTO COMO CRIANÇA.
SEM NENHUMA ESPERANÇA.
COMO SERÁ O FUTURO
SEM TER VOCÊ?
UMA CRIANÇA AINDA CRESCERÁ
JÁ EU ADULTO,
NÃO POSSO MAIS CRESCER.
E A MINHA ESPERANÇA?

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

EPITÁFIO

Epitáfio
(Egídio Timóteo Correia)
1943
Do calendário cristão 
Lá no bairro da mangueira
Em Vitória de Santo Antão
Vim ao planeta dos mortais
Enfrentando esse mundão.
Meu pai e a minha mãe,
Santana e Severino
Me botaram nesse mundo
Em forma de um menino
Escrevendo minha história
Nas páginas do meu destino.
Da cidade fui pra roça
Depois voltei pra cidade.
Vivi em sítios e ruas
Criaram-me sem vaidades
Como tantas crianças pobres
Fiz a minha identidade.
Se não vim das alegrias
Também não vim das tristezas.
Não Me criei revoltado
Nem odiando a pobreza
Não cresci ambicioso
Nem escravo da riqueza.
Fui crescendo e pulando pedras
Colhendo flores e espinhos.
Tomando banhos nos rios
Aprendendo devagarinho
Nunca fui mestre em nada
Vivendo de tudo um pouquinho.
Nunca gostei de insultar
Nem de ser provocador.
Nunca quis afrontar ninguém
Nem de ser bajulador
Só defendo as minhas verdades
Com o que tenho é o que sou.
Minha avó foi meu espelho
Mulher forte sem vaidades.
Guerreira por natureza
Com muita força de vontade.
Enfrentava com bravura
A quaisquer dificuldades.
Suas lições aprendi
Sua coragem eu herdei.
Pulei fogueiras da vida
Nos caminhos por onde andei.
Meus sucesso e tropeços
Só culpo a mim pois mereço
Do bom e ruim que provei.
Não quero levar deste mundo
Frustrações, mágoas ou rancor.
Não sou exemplo em nada
Nem da vida professor
Não sou melhor nem pior
Não quero compaixão ou dor
Aprendi a ser o que sou.
No dia em que eu morrer
Me botarem num caixão
E levarem o meu corpo
Pra dentro do frio chão
Se poderem leiam esses versos
Pois são neles que eu confesso
O que levo no coração.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

QUAIS DAS FOLHAS ?


QUAIS DAS FOLHAS ?
(Egídio Timóteo Correia)


Aquelas que o outono despenca dos galhos,
Ou aquelas que o inverno timidamente
Faz brotar por entre as ramagens?
Folhas verdejantes da primavera,
Ou aquelas curtidas pelo calor do chão?


Quais das folhas
De árvores despencadas,
Folhas amarfanhadas,
Ou folhas desgastadas
Que resistiram ao vento e ao tempo,
E, que mesmo empoeiradas,
São sombras na estrada,
Têm seu próprio argumento?


Folhas são dos galhos,
Galhos são dos troncos,
Troncos das raízes,
Sementes têm matrizes,
Folhas - todas têm origem,
Vida... Vida...

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

CURTAS 481


Resultado de imagem para IMAGEM DO MUNDO GIRANDO

CURTA ÀS CURTAS 481
(Egídio Timóteo Correia) 

MAIS ANO ESTÁ INDO
MAIS OUTRO ESTÁ CHEGANDO
DO JEITO QUE ELE VIER
A GENTE VAI SE AJEITANDO
SE NÃO FOR COMO A GENTE QUER
ENFRENTEMOS COMO VIER
NÃO VALE É FICAR CHORANDO.

NO ANO NOVO, NÓS DE NOVO.